sexta-feira, 25 de abril de 2014

¡ACABAN CON LA DEMOCRACIA! TSJ prohibe derecho a manifestaciones pacíficas Acabaram com a democracia! TSJ proíbe direito a manifestação pacíficas na Venezuela. Quando digo que a Venezuela é um espelho,e o que acontece lá será refletido aqui,não é atoa e nem por acaso,leiam essa matéria:

¡ACABAN CON LA DEMOCRACIA! TSJ prohibe derecho a manifestaciones pacíficas


Acabaram com a democracia! TSJ proíbe direito a manifestação pacíficas na Venezuela.

Quando digo que a Venezuela é um espelho,e o que acontece lá será refletido aqui,não é atoa e nem por acaso,leiam essa matéria:


Los vecinos que, de ahora en adelante, decidan cerrar la calle de su barrio o urbanización en reclamo de un servicio o para alertar sobre un problema y no cuenten con el respectivo permiso de la Alcaldía o la Gobernación se arriesgan a ser dispersados por la policía, aún cuando su concentración sea pacífica, pues el Tribunal Supremo de Justicia (TSJ) dictaminó que la falta de esa autorización “limita de forma absoluta el derecho a la manifestación pacífica” previsto en el artículo 86 de la Constitución.
Vizinhos que, doravante, decidiram fechar a rua em seu bairro ou comunidade para exigir um serviço ou para avisar de um problema e não tem a permissão relevante do prefeito ou governador o risco de ser dispersados ​​pela polícia mesmo quando as suas concentrações são pacíficos, como o Supremo Tribunal de Justiça (TSJ) decidiu que a ausência de tal autorização "absolutamente limita o direito de manifestação pacífica" do artigo 86 da Constituição.
El pronunciamiento lo acaba de emitir la Sala Constitucional al resolver el recurso de interpretación que el alcalde de Guacara (Carabobo), el oficialista Gerardo Sánchez, interpuso el pasado 25 de marzo sobre el alcance de los artículos 68 de la Carta Magna y de los artículos 41, 43, 44, 46 y 50 de la Ley de Partidos Políticos, Reuniones Públicas y Manifestaciones.
A declaração foi emitida pelo Tribunal Constitucional  sobre a aplicação da interpretação do prefeito Guacara (Carabobo), o funcionário Gerardo Sanchez, arquivado em 25 de março sobre o pedido do prefeito do artigo 68 º da Constituição e nos artigos 41, 43, 44, 46 e 50 da Lei dos Partidos Políticos, Reuniões Públicas e Manifestações.
Aún cuando el texto fundamental establece que todos los ciudadanos “tienen derecho a manifestar pacíficamente y sin armas”, el máximo juzgado replicó que esta garantía “no es un derecho absoluto”.
Embora o texto fundamental estabelece que todos os cidadãos "têm o direito de protestar pacificamente e sem armas", o mais alto tribunal disse que essa garantia  "não é um direito absoluto."
El fallo de la Sala Constitucional fue respaldado por todos y cada uno de sus siete miembros, los magistrados Gladys Gutiérrez, Francisco Carrasquero, Luisa Estella Morales, Carmen Zuleta de Merchán, Arcadio Delgado (ponente), Juan José Mendoza y Marco Tulio Dugarte.
A decisão do Tribunal Constitucional foi aprovado por todos e cada um dos seus sete membros, os juízes Gladys Gutierrez, Francisco Carrasquero, Luisa Estella Morales, Carmen Zuleta de Merchan, Arcadio Delgado (relator), Juan José Mendoza e Marco Tulio Dugarte.
Esta decisión se da horas después de que estudiantes anunciaran que este sábado marcharían hacia el centro de Caracas, sin importar que el alcalde Jorge Rodríguez le diera el permiso para ello.
Esta decisão ocorre horas após os estudantes anunciarem que este sábado marchariam ao centro de Caracas, independentemente ou não que o prefeito Jorge Rodriguez lhes dessem  a permissão.
Fuente: El Universal
Mais fatos!


Venezuela é um espelho,e o que acontece lá,é refletido aqui no Brasil.

SE RASPARON HASTA LA PLATA DE LOS VIEJITOS: IVSS paraliza solicitud de pensiones por falta de recursos

Eles rasparam até o dinheiro dos velhinhos: IVSS paralisou os pedidos de pensão por falta de recursos na Venezuela.





"TODA Dictadura cuenta con un Tribunal Supremo, un Consejo Electoral y una Fuerza Armada a su servicio”

"Toda Ditadura conta com um Tribunal Supremo,um Conselho Eleitoral e uma Força Armada a seu serviço"





Tribunal Supremo de Justicia - Venezuela,todos indicados pelo falecido Hugo Chávez e Raúl Castro de Cuba.

Imagens da Guarda Nacional Bolivariana da Venezuela,e junto os apoiadores Lula e Dilma Rousseff.



No Brasil não é diferente da Venezuela,o pior cego é aquele que vê tudo isso acontecer e finge não enxergar.

"TODA Dictadura cuenta con un Tribunal Supremo, un Consejo Electoral y una Fuerza Armada a su servicio”


"Toda Ditadura conta com um Tribunal Supremo,um Conselho Eleitoral e uma Força Armada a seu serviço"



NARCO JUSTICIA: TSJ se pronuncia a favor del narcotraficante Diosdado Cabello (¡Sin llevarlo a juicio!)


NARCO JUSTIÇA: TSJ (Tribunal Supremo de Justiça) é a favor do Traficante de Drogas Diosdado Cabello (Sem leva-lo a Julgamento!)



“Diosdado no está solo, Diosdado somos todos”. La consigna acuñada en la víspera por la mayoría oficialista de la Asamblea Nacional también hizo se sentir en el Tribunal Supremo de Justicia (TSJ), organismo que hoy manifestó su apoyo al presidente del Parlamento, Diosdado Cabello, ante acusaciones publicadas en varios medios internacionales en las que se lo vincula con el tráfico de drogas, las cuales no dudó en calificar como “agresiones conspirativas contra el Estado venezolano”.
"Diosdado não está sozinho, Diosdado somos todos nós." O slogan cunhado na véspera pela maioria do governo na Assembleia Nacional também fez sentir no Tribunal Supremo de Justiça (TSJ),o Órgão expressou hoje apoio ao Presidente do Parlamento, Diosdado Cabello,ante as acusações publicadas em vários meios de comunicação internacional que o liga ao tráfico de drogas,que não hesitou em descrever como "ataques de conspiração contra o governo venezuelano."
La directiva del máximo juzgado, en un comunicado difundido en horas de la tarde, aseveró que las informaciones publicadas el lunes por The Wall Street Journal, y reproducidas ayer por algunos medios venezolanos, “se orientan al ilegítimo descrédito de la institucionalidad venezolana” necesario para ”consumar hechos de violencia colectiva que ya hemos padecido en el pasado reciente”.
A pauta do mais Alto Tribunal de Justiça, em um comunicado divulgado no período da tarde, disse que a informação publicada segunda-feira pelo  The Wall Street Journal ,e reproduzida por alguns meios de comunicação venezuelanos ontem ", visam em ilegítimos em desacreditar as instituições venezuelanas" necessário para "consumar atos de violência coletiva que sofremos no passado recente".
Y aunque no ha celebrado ningún juicio sobre el particular, el TSJ, de boca de su presidenta, magistrada Gladys Gutiérrez, sentenció: ”Tales menciones informativas, prestadas a intereses espurios repiten y alientan indebidos señalamientos noticiosos que pretenden reflejar situaciones que no se sustentan en ningún basamento verosímil o posible y que no cuentan en el ámbito jurídico nacional con ningún efecto de índole alguna”. Para acto seguido advertir: “Como sabemos al carecer de veracidad (en referencia a las informaciones periodísticas) acarrean las sanciones previstas en el ordenamiento jurídico nacional”.
E embora ele não tenha realizado qualquer juízo sobre em particular,o Supremo Tribunal de Justiça, a partir da boca do sua presidente,a juíza Gladys Gutierrez ,sentenciou: "Tal informação mencionadas,tomadas de interesses ilegítimos que incentivam e repetem notícias e observações impróprias que se destina-se a refletir situações que não se sustentam em nenhuma base provável ou possível e que não se caracterizam  no meio jurídico nacional, sem qualquer efeito de  qualquer tipo. " Imediatamente depois de advertir: "Como sabemos da falta de veracidade (referindo-se a notícias)e acarretarão em sanções ao abrigo da legislação nacional".
Por último, el máximo juzgado dio un espaldarazo a Cabello “por el trabajo institucional de calidad que ha realizado con enorme sacrificio, entrega, valentía y un profundo compromiso de cumplir con la voluntad soberana del pueblo venezolano”.

Finalmente, o mais alto tribunal elogiou a  Diosdado Cabello "por um trabalho de qualidade institucional que ele tem feito com grande sacrifício, dedicação, coragem e um profundo compromisso para cumprir com a vontade soberana do povo venezuelano".

Continuem assim,quando eu digo que a Venezuela é um espelho,e o que acontece lá será refletido aqui,sou tachado de louco pelos pseudos intelectuais!

Loucos são vocês,loucos,omissos,covardes,onde estão induzindo pessoas que não tem um conhecimento político,loucos e covardes são vocês,mesmo sabendo que um Impeachment é uma farsa assim como o do Collor,vocês sim são loucos desinformadores que estão levando o país para um imenso abismo,desinformadores manipulados e idiotizados,idiotas úteis a serviço dos Ditadores Comunistas.








Não se encontra hoje em todos os aspectos e não se tem nenhuma diferença entre a Venezuela e o Brasil,entre o que acontece lá e aqui,entre o STF - Superior Tribunal Federal do Brasil com o TSJ - Tribunal Supremo de Justícia de La Republica Bolivariana de Venezuela !






Digo e repito: A Venezuela é um espelho,e o que acontece lá será refletido aqui.