sexta-feira, 19 de junho de 2015

NO LES CONTARON LO QUE OCURRE EN VENEZUELA ¡LO VIVIERON! Brasil calificó de “inaceptable” atropello a sus senadores <><> Não lhes contarão o que ocorre aqui na Venezuela? Eles viveram! Brasil qualificou como "inaceitável" o abuso aos seus Senadores.

Nas redes sociais,esses Senadores com suas encenações teatrais para novamente desviar o foco do golpe que será dado,pois há mais de um ano e quatro meses que Leopoldo López foi preso,e milhares de estudantes também presos bem antes de Leopoldo e Daniel Ceballos,porque foram agora pagar de benfeitores e saírem como oprimidos naquele país,pois sabiam que na Venezuela os seguidores de Maduro não aceitariam tal afronta,e agora com essa atitude impensada,querendo serem vistos como heróis,ou em uma atitude já planejadas por eles,de promoverem o ódio entre duas Nações?




Com essa atitude impensada ou pensada Senhores Senadores,ontem nas redes sociais começaram os discursos de ódio contra a Venezuela!


video


E isso pode causar um grande conflito contra um povo que estão sofrendo com a Ditadura de seu Presidente Nicolás Maduro,e de que em sua maioria não tem nada a ver com o ocorrido,pois o grupo que estavam lá e que supostamente apedrejaram o transporte que os conduziriam ao encontro dos opositores,eram em prol ao Maduro,e não o povo sofrido que não aceitam o desgoverno de Maduro!



Lá Senhores Senadores,pessoas de bem e sofridas assim como Carlos Suárez de Barquísimeto Estado de Lara Venezuela,entrou também em greve de fome em protesto e contra os desmando do desgoverno de Nicolás Maduro,e ontem um jovem de 18 anos Juan Sánchez decidiu também entrar em greve de fome contra o desgoverno em praça pública!




Como veem Senhores,eles já tem muitos problemas com o seu desgoverno,onde estão morrendo em protestos pacíficos,e que onde se dizem que eles estão em uma guerra civil,mas em realidade não estão,pois foram desarmados assim como o povo brasileiro,e lá eles dizem que não vivem uma guerra civil,e sim são idéias contra as balas,pois os coletivos,os tupamaros e a GNB sim estão armadas e contra o povo de bem daquele país!




Mas agora vejam as notícias que está circulando na Venezuela,depois do ocorrido:



NO LES CONTARON LO QUE OCURRE EN VENEZUELA ¡LO VIVIERON! Brasil calificó de “inaceptable” atropello a sus senadores


Não lhes contarão o que ocorre aqui na Venezuela? Eles viveram!  Brasil qualificou como "inaceitável" o abuso aos seus Senadores.








El gobierno de Dilma Rousseff aseguró que la misión parlamentaria contó con apoyo oficial
O governo de Dilma Rousseff assegurou que a missão parlamentar contou com apoio oficial.
El gobierno de Brasil lamentó por medio de una nota oficial los incidentes ocurridos hoy durante una visita de senadores del país a Venezuela y afirmó que “son inaceptables los actos hostiles contra parlamentarios brasileños”, publica El Nacional
O governo brasileiro lamentou incidentes ocorridos hoje através de uma nota oficial durante uma visita à Venezuela  dos senadores de seu país e afirmou que "são inaceitáveis ​​atos hostis contra parlamentares brasileiros", informou El Nacional.
La misión parlamentaria, encabezada por el senador y excandidato presidencial Aécio Neves, pretendía visitar a algunos de los líderes opositores presos en Venezuela, pero no pudo llegar a Caracas pues la autopista que conduce del aeropuerto de Maiquetía a la capital estaba bloqueada.
A missão parlamentar, liderada pelo senador e ex-candidato presidencial Aécio Neves, quis visitar alguns dos líderes da oposição detidos na Venezuela, mas não conseguiram chegar a Caracas pois a estrada que leva do aeroporto de Maiquetía para a capital estava bloqueada.
Además, la camioneta que trasladaba a los parlamentarios fue objeto de un bloqueo por parte de manifestantes simpatizantes al gobierno de Nicolás Maduro, que además de impedir el paso del vehículo llegaron a golpear sus vidrios en forma amenazante, como se constató en videos difundidos por los senadores.
Além disso, o furgão que transportava os parlamentares ficaram sob bloqueio por manifestantes partidários do governo de Nicolas Maduro, além de impedir a passagem do veículo,os manifestantes chegaram a bater em seus vidros  de uma forma ameaçadora,como foi mostrado em vídeo divulgado pela senadores.
En la nota, el gobierno de Dilma Rousseff aseguró que la misión parlamentaria tuvo apoyo oficial, al punto de que se trasladó a Venezuela en un avión de la Fuerza Aérea Brasileña, así como fue asistida en forma permanente por la embajada del país en Caracas.
Na nota, o governo de Dilma Rousseff disse que a missão parlamentar teve apoio oficial, a tal ponto que embarcaram para a Venezuela em um avião da Força Aérea Brasileira, onde foi assistido permanentemente pela embaixada do país em Caracas.
“Por intermedio de la embajada de Brasil, el gobierno brasileño solicitó y recibió del gobierno venezolano la garantía de custodia policial para la delegación durante su estancia en el país, lo que fue hecho”, dice el comunicado.
"Por intermédio da Embaixada do Brasil,o governo brasileiro solicitou e recebeu a escolta da polícia garantida pelo governo venezuelano para a delegação durante a sua estada no país, o que foi feito", diz o comunicado.
Según dijeron algunos miembros de la misión a medios brasileños, esa custodia impidió que los manifestantes que rodearon el vehículo llegaran a cometer actos aún más violentos.
Segundo disseram alguns membros da missão para a mídia brasileira,tal escolta impediram que os manifestantes que cercaram o veículo chegassem a cometer atos ainda mais violentos.
El comunicado difundido por la Cancillería brasileña añade que, “a la luz de las tradicionales relaciones de amistad entre los dos países, el gobierno brasileño solicitará al gobierno venezolano, por los canales diplomáticos, los debidos esclarecimientos sobre lo ocurrido”.
O comunicado divulgado pelo Ministério das Relações Exteriores brasileiro acrescentou que,"à luz das relações tradicionais de amizade entre os dois países,o governo brasileiro pediu ao governo venezuelano,através dos canais diplomáticos,as devidas explicações sobre o que aconteceu."
Los incidentes registrados en Caracas causaron revuelo hoy en el Congreso brasileño y la Cámara de Diputados aprobó de urgencia una moción de censura contra el gobierno de Nicolás Maduro.
Os incidentes em Caracas hoje,causou alvoroço no Congresso Nacional e a Câmara dos Deputados aprovou de urgência uma moção de censura contra o governo de Nicolas Maduro.
Hasta el oficialista Partido de los Trabajadores (PT), que tiene relaciones de amistad con Maduro y el “chavismo”, alzó la voz para criticar lo sucedido con los parlamentarios.
Até os dirigentes do Partido dos Trabalhadores (PT), que tem relações amigáveis ​​com Maduro e "Chavez",ergueu a voz para criticar o que aconteceu com os parlamentares.
El jefe del PT en la Cámara de Diputados, José Guimaraes, declaró en plenario que Brasil que no puede aceptar ninguna acción del gobierno venezolano que comprometa el derecho de ir y venir de líderes de la oposición brasileña.
O chefe do PT na Câmara dos Deputados, José Guimarães disse em plenário que o Brasil não pode aceitar qualquer ação do governo venezuelano que comprometa o direito de ir e vir de líderes da oposição Brasileira.
Por su parte, el presidente del Senado, Renán Calheiros, condenó también la “hostilidad” y la “intolerancia” con que fue recibido en Venezuela el grupo de parlamentarios.
Por sua parte, o presidente do Senado, Renan Calheiros, também condenou a "hostilidade"e a "intolerância" que foi recebido na Venezuela o grupo parlamentar.
En una nota oficial, Calheiros dijo que “repudia y abomina esos acontecimientos” y afirmó que “las democracias verdaderas no admiten convivir con manifestaciones incivilizados y medievales”, que “precisan ser combatidas enérgicamente para que no se reproduzcan.”
Em nota oficial,Calheiros disse que "rejeita e abomina esses eventos" e disse que "verdadeiras democracias não suportam viver com manifestações incivilizados e medievais" que "precisa ser combatida vigorosamente para que não se repitam."
En declaraciones a periodistas, el presidente del Senado añadió que los hechos ocurridos en Venezuela suponen una “agresión al Legislativo y al Estado brasileño”.
Falando a jornalistas, o presidente do Senado acrescentou que os acontecimentos na Venezuela é uma "agressão ao poder legislativo e ao Estado brasileiro."
Antes de partir hacia Caracas, Aécio Neves afirmó que pretendían llevar su “solidaridad a los presos políticos” venezolanos.
Antes de partir para Caracas, disse Aécio Neves afirmou que pretendiam levar sua "solidariedade aos presos políticos" venezuelanos.
“Es una misión política y, tal vez, diplomática. Estamos haciendo lo que el gobierno brasileño debería haber hecho hace mucho tiempo: defender las libertades, la democracia, la liberación de los presos políticos y la celebración de elecciones libres en Venezuela”, sostuvo Neves en un video publicado en una red social.
"É uma missão política e talvez diplomática. Estamos fazendo o que o governo brasileiro deveria ter feito há muito tempo: para defender a liberdade, a democracia, a libertação dos presos políticos e a realização de eleições livres na Venezuela ", disse Neves em um vídeo postado em uma rede social.
Sin embargo, ante la imposibilidad de llegar a Caracas, la misión fue cancelada y los senadores optaron por regresar a Brasil.
No entanto, incapaz de chegar a Caracas, a missão foi cancelada e os senadores optaram em voltar para o Brasil.


Essa é uma das matérias que estão circulando nas redes venezuelanas hoje!


Brasileiros,estão sendo manipulados e fadados a acreditarem nesses vermes políticos,infelizmente!



Eu insisto,o Brasil só tem uma saída para não sofrerem o mesmo que estão sofrendo os Venezuelanos,é o povo de bem,que ama seu país e ama sua família,pararem de acreditar nessa falsa oposição,nesses falsos heróis,e sermos lideres de nós mesmos,e sairmos pras ruas e pedir por uma Intervenção das FFAA,pois se não for por esse meio,o Brasil sucumbirá nas mãos desses vermes políticos,e depois os omissos e covardes,não terão direito nem de chorar!!!



Levantem - se brava gente brasileira,seu país pede socorro!!!