sábado, 25 de janeiro de 2014

Enquanto o povo se revolta só nas redes sociais do Brasil,os políticos corruptos avançam em seus planos de implantarem o comunismo socialista em nosso país.

Enquanto o povo se revolta só nas redes sociais do Brasil,os políticos corruptos avançam em seus planos de implantarem o comunismo socialista em nosso país.


Seguem as mentiras que a mídia corrupta não mostra,e em vez dos jornais mostrarem a verdade ao povo,eles omitem.

O povo tem que ir pras ruas urgente,pois o governo não esta nem ai com sua dignidade,com o que você tem que comer,com o que tem pra vestir,como você se desloca para o trabalho,com quantas horas você tem que trabalhar,com o transporte público,com a sua educação,com sua saúde e de sua família.


Essa foto mostra centenas de trabalhadores tendo que andar sobre os trilhos do trem pois o outro estava lotado e parado a mais de 40 minutos em Ferraz de Vasconcelos a poucos quilômetros do elefante branco Itaquerão.



Qual o interesse da Presidente Dilma e Lula e aliados investirem quase 800 milhões de dólares em um porto em Cuba???

Se há muitas prioridades aqui em nosso país!!!

Leia essa matéria abaixo:
Fonte dessa matéria: Yahoo Notícias.
Rio de Janeiro, 24 jan (EFE).- A presidente Dilma Rousseff aproveitará a visita a Cuba na próxima semana para inaugurar junto com o presidente cubano, Raúl Castro, a primeira parte do Puerto de Mariel, uma obra financiada com recursos do BNDES.
Na segunda-feira Dilma terá uma reunião com o líder cubano e permanecerá em Havana até terça para participar da II Cúpula da Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac), segundo o Itamaraty.
A ampliação do porto cubano de Mariel, a 45 quilômetros a oeste de Havana, é considerada uma "obra emblemática" da parceria entre Cuba e Brasil.
A obra é executada pela Odebrecht e com um financiamento de US$ 682 milhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), a maior parte do investimento total previsto, de US$ 957 milhões.
O porto poderá dotar a Cuba de uma moderna porta de saída marítima e permitirá que indústrias brasileiras se instalem na ilha e aproveitem o menor custo da mão de obra local e incentivos cubanos para produzir e exportar a partir de Cuba, segundo as conversas entre os países.
Na reunião de trabalho com Raúl Castro, Dilma "examinará os principais temas da agenda bilateral e regional", segundo o comunicado do Ministério das Relações Exteriores.
Entre eles destaca-se o acordo que permitiu a chegada ao Brasil de 5.400 médicos cubanos para trabalhar em áreas isoladas e pobres dentro do programa "Mais médicos".
O objetivo é contratar no total 12.996 médicos até março e enviá-los a municípios sem atendimento de saúde, para dar assistência a 22,7 milhões de pessoas.
Dilma e Castro também falarão sobre comércio bilateral, que, segundo dados oficiais brasileiros, saltou de US$ 91,99 milhões em 2003 para US$ 624,79 milhões em 2013. Os principais produtos que o Brasil exporta para Cuba são óleo de soja, arroz e milho.
Segundo porta-vozes da presidência brasileira, a visita de Dilma a Cuba inclui encontros privados, e não se descarta a possibilidade de ela conversar pessoalmente com o líder Fidel Castro.


___________________________________


Eu fico me perguntando,até quando o povo brasileiro vai acreditar que esse desgoverno está trabalhando para o bem de nossa Nação?

O porto de Mariel em Cuba meu povo é para levar nossas riquezas não para o povo cubano e sim para os assassinos e ditadores comunistas dos Irmãos Castro!!!

Assim como foi feito e ainda está sendo feito na Venezuela onde Nicolás Maduro é um subordinado de Raul Castro de Cuba dilacerando o povo venezuelano e roubando suas riquezas e deixando o povo daquele país na miséria ,e o nosso Brasil está indo para a mesma direção se o povo dessa Nação não saírem as ruas e lutarem contra.

Como eu disse em outras matérias,levantem e lutem meu Brasil,aqui não tem oposição,eles estão todos unidos para implantarem o regime comunista no Brasil e depois no resto da América latina!


A única saída para nosso povo é o povo sair as ruas e pedir uma Intervenção Militar.


Levantem e lutem meu Brasil,não temos muito tempo.