quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Convocados por artistas globais, manifestantes saem às ruas no Rio. Leiam e vejam se concordam comigo . . .

Convocados por artistas, manifestantes saem às ruas no Rio.Porque não falaram abertamente que era a favor dos Petralhas e dos Black Block,e contra a PM.


Enquanto autoridades anunciavam em Brasília um esforço para unificar a resposta à violência nos protestos no país, cerca de mil pessoas fizeram uma manifestação pacífica e "performática" no Rio de Janeiro.
O protesto entitulado "Grito da Liberdade" foi convocado por artistas da TV brasileira como Mariana Ximenes, Wagner Moura, Camila Pitanga e Marcos Palmeira por meio de um vídeo divulgado pela internet. Esses artistas, porém, não foram ao protesto.
O grupo se concentrou em frente ao Fórum da cidade por volta das 15. A passeata começou pouco antes das 17h. Não houve tumulto nem prisões.
Entre as reivindicações divulgadas em um manifesto estavam o fim das "prisões políticas", anistia aos processados e "presos políticos", garantia do direito à livre manifestação. Também estavam na agenda o fim da violência policial, a desmilitarização da PM e a investigação dos crimes cometidos pela polícia.

Fica bem claro agora,que tanto a Rede Esgoto de televisão e seus artistas globais defendem o Comunismo socialista e Ditatorial do PT e aliados.
Concordam comigo???
A atriz Teresa Seiblitz, que já participou de diversas telenovelas e longas metragens, disse que as dezenas de prisões ocorridas durante os protestos dos professores, há duas semanas, foi o estopim da iniciativa dos atores e atrizes para apoiar o protesto.
"Somos cidadãos, temos o direito de nos manifestar. Não é um grupo, não é um vídeo de um grupo. Eu não sou bancada pela TV Globo, e acho muito delicado isso, em vista das circunstâncias", disse à BBC Brasil em referência às queixas dos manifestantes contra a emissora.
"Nasci em 1964, cresci com medo da polícia, e é chocante sentir isso de novo".

Eu acho quem tem que ter medo de polícia,são os bandidos,traficantes,ladrão  assassinos,estupradores etc . . .                                                                               

"As questões são muito complexas. É claro que ali no meio tem todo tipo de pessoa, mas acho que [a tática] black block é um jeito de se defender da polícia", disse.
Além dela, participaram o poeta Chacal, o escritor João Paulo Cuenca e o ator Luiz Henrique Nogueira.
Poeta Chacal

                                                         Escritor João Paulo Cuenca.

Um dos organizadores do protesto, integrante dos grupos Ocupa Lapa e Reage Artista, disse à BBC Brasil que a ideia do vídeo partiu dos próprios artistas, que procuraram os movimentos sociais.
"Nós aceitamos a ideia, e o pessoal do Mídia Ninja foi gravar com eles. A manifestação foi organizada por mais de 50 coletivos e acho que a participação deles deve ajudar", disse sob condição de anonimato.
Para ele, a participação dos artistas - mesmo que não tenham comparecido às ruas - deve tocar as pessoas. "Eles têm uma visibilidade com o grande público, e podem falar direto com as pessoas, mesmo aquelas que não se ligam em política".

Veja bem,o pessoal do Mídia Ninja foi Gravar com eles. Veja quem o Mídia Ninja representa.
                                                  Pablo Capilé e Bruno Torturra. 
                                                   Pablo Capilé e Dilma Rousseff.

                                                 Pablo Capilé e José Dirceu.
 Pior cego é aquele que vê tudo isso,e finge não
enxergar.
                            Acorda Brasil.